Real Estate: 4 perspectivas que você deve conhecer

De origem americana, o termo Real Estate teve origem no mercado imobiliário. Hoje, o termo é usado basicamente para tudo que compõe o setor, seja no seu significado propriamente dito, ou em empreendimentos ligados a essas atividades, podendo ser para venda ou lucro com locações.

O volume de transações nesse setor vem crescendo cada vez mais, o que abre muitas oportunidades, ampliando as possibilidades de atuação dentro desse mercado, indo além da locação de imóveis.

É fundamental conhecer um pouco mais sobre o Real Estate, já que seu crescimento é tão relevante. O post a seguir trará 4 importantes perspectivas do setor para você conhecer. Acompanhe!

  1. O perfil do profissional de Real Estate

A habilidade com os números é um dos principais requisitos dos profissionais do setor, e é dos cursos de Economia, Matemática e Engenharia que nascem os principais talentos da área.

O contato direto com clientes também é uma realidade, então é importante ter facilidade na comunicação, principalmente em nível de negociação.

Para o jovem profissional que visa migrar para o setor de Real Estate, é interessante que desde já busque informações sobre o setor imobiliário, se possível visitando empreendimentos para saber detalhes sobre.

O mercado é bastante dinâmico e o trabalho é, de fato, pesado. Quem deseja entrar na área deve saber que precisará dedicar muito tempo às demandas.

  1. O dia a dia de trabalho no setor

O profissional estará exposto a diversos desafios na sua rotina de trabalho, e a maioria deles gira em torno da percepção de oportunidades de investimento no mercado imobiliário.

Considerando as demandas em si, entre as tarefas estão visitas a imóveis, busca de terrenos apropriados para construções, detalhes sobre aluguéis e avaliações de possíveis inquilinos, além de outras obrigações operacionais e burocráticas como em qualquer outra atividade.

Como citamos anteriormente, as habilidades matemáticas precisam estar em dia, já que o profissional também precisa trabalhar em projeções financeiras e análises de risco em relação aos investimentos, para que sejam feitos com base em dados sólidos.

  1. Os submercados na área de Real Estate

Os submercados nada mais são do que os propósitos pelos quais os imóveis são construídos ou gerenciados. Cada tipo é destinado a um uso diferente. Essas subdivisões são importantes para entender qual a necessidade do público-alvo, desenvolvendo assim projetos realmente relevantes e lucrativos.

Residencial

O setor residencial engloba todo tipo de empreendimento que tem a finalidade de moradia ou de construção de residências: casas, apartamentos, lotes, terrenos e condomínios.

Corporativo

Nessa vertente, o foco está em locações para fins empresariais, nas quais corporações podem instalar seus escritórios e sedes: salas comerciais e edifícios empresariais.

Industrial/logístico

Submercado que abrange empreendimentos de grande porte com finalidade operacional para empresas, seja para produção industrial ou com fins logísticos e de armazenamento: galpões (modulares ou refrigerados), salões, pátios e hangares.

Varejo

Vertente que engloba imóveis voltados para instalações de comércios de varejo de forma geral: shoppings, lojas, outlets, entre outros.

Hospitalidade

Aqui, os profissionais trabalham com empreendimentos voltados para o setor de hotelaria e hospedagem de uma forma geral: hotéis, motéis, pousadas, resorts, moradias estudantis, kitnets, entre outros.

  1. O futuro do Real Estate no Brasil

O futuro do setor depende diretamente de como está a situação econômica do país. O enfraquecimento da economia brasileira nos últimos dois anos não permitiu maiores avanços do Real Estate no Brasil, mas esse cenário tende a mudar.

Uma possível melhora do cenário deve refletir diretamente, e de forma positiva, no avanço do setor no Brasil, impulsionado pela redução da inflação e da taxa básica de juros. Portanto, vale a pena os profissionais investirem em futuros no setor.

O Real Estate é uma grande vertente do mercado financeiro e, com bom preparo e treinamento, profissionais podem se tornar capacitados para os desafios do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *